Vancouver em família

 

Sem título

1. SOBRE A NOSSA VIAGEM

Conhecer o Canadá sempre foi um sonho para nós. Queríamos muito aproveitar o país para andar de motorhome nas suas famosas estradas de parques estaduais e conhecer de pertinho as Montanhas Rochosas (Rocky Mountains).

Sendo assim, reservamos o motorhome na Cruise Canada e descobrimos que aquela empresa oferecia o serviço de buscar no hotel, apenas para determinadas zonas da cidade. E como é proibido dirigir este tipo de veículo após vôos longos, teríamos que pernoitar no momento da chegada a Vancouver.

Após a chegada ao aeroporto, contratamos um serviço de táxi para ir até o hotel, pois aplicativos de transporte como uber, cabify ou 99pop ainda são proibidos por lá.

Escolhemos um hotel pertinho da área do shuttle da Cruise Canada, o Cassandra Hotel, na 3075 Kingsway. Um hotel antigo, mas bem confortável e com duas camas king em no nosso quarto:

20190411_081313

Não tinha café-da-manhã, mas tinham vários restaurantes e lojas de conveniência ao longo da rua que nos deixou bem tranquilos para a chegada na cidade. Inclusive jantamos no Capitain’s boil, um restaurante bem gostoso e que tem em outros lugares de Vancouver.

No dia seguinte, às 9h da manhã, o shuttle nos buscou no hotel e ficamos 8 dias rodando as Rocky Mountains, passando em cidades como Banff, Jasper, Revelstoke, entre outras cidadezinhas e parques nacionais bem bons para passear de Motorhome, mas isso é assunto para escrever depois.

Quando devolvemos o motorhome e voltamos para Vancouver, ficamos um final de semana na cidade. Desta vez ficamos em um hotel mais bem localizado, o Sandman Suites, em downtown, bem pertinho da Sunset Beach, para onde fomos a pé em um dos dias e apreciamos um belíssimo pôr do sol. E sim, a praia realmente faz jus ao seu nome.

O Hotel Sandman Suites on Davie Street tinha quartos espaçosos, com fogão e até máquina de lavar. O banheiro também possui uma banheira, muito boa para relaxar após os passeios. Foi muito confortável e aproveitamos bem.

2. PASSEIOS

Capilano Bridge

Nós visitamos ainda a ponte Suspensa de Capilano, uma atração que nos colocou no topo de belíssimos abetos e espruces canadenses, espécias nativas do local. Pegamos o Shuttle gratuito da própria Capilano, que passa em vários pontos de downtown. Aqui neste site dá para saber os intinerários disponíveis para o transporte: https://www.capbridge.com/visit/shuttle-service/ .

A ponte suspensa é uma atração e tanto. Nós e as crianças realmente ficamos encantados, pelo clima de aventura do passeio. Fica a dica: É bom pegar um mapa bem na entrada para carimbar ao longo dos pontos e no final receber um certificado de coragem por ter visitado a atração.

Há quem faça e também o passeio para Grouse Mountain no mesmo dia, mas não deu tempo, pois estávamos com as crianças e acabamos indo um pouco tarde para visitar a Capilano Bridge, onde ficamos por cerca de 4 horas no total.

Gastown

O ponto alto de Gastown é o seu relógio a vapor, muito fotografado por nós turistas. É um bairro animado, cheio de restaurantes bacaninhas e que nos remete a ruas europeias. Também há muitas lojas de souvenirs, foi onde compramos as nossas lembrancinhas para levar para o Brasil.

Parque Stanley

WhatsApp Image 2019-07-17 at 17.11.24

Se você for a Vancouver, não deixe de dar uma volta completa de bicicleta no Stanley Park. Um passeio mais que imperdível para quem visita a cidade. E as crianças? Podem ir junto, elas vão adorar! Alugamos as bicicletas na entrada do parque, uma com cadeirinha e a outra com uma adaptação de bicicleta dupla para o nosso menino. As crianças estavam com 3 e 5 anos respectivamente.

 

3. GASTRONOMIA

Japadog

WhatsApp Image 2019-07-17 at 15.50.44

Fomos ao Japadog Kiosk, uma banquinha de cachorro quente japonês que fica na rua mesmo, na Burrad Street, bem ao lado de um supermercado. Os sabores são bem inusitados, então é possível comer cachorro quente com um toque de sushi, digamos assim. Vale a experiência! Nós gostamos bastante da novidade.

Capitain´s Boil

Gostamos tanto desse restaurante que, por incrível que pareça, fomos em duas unidades dele. Quem nos conhece sabe que preferimos conhecer mais lugares diferentes, mas nosso pequeno amou tanto comer ali que nos rendemos ao repeteco. O menu proporciona uma experiência fresca, saborosa e divertida.  A comida é bagunçada e tudo vira uma grande brincadeira. São disponibilizados aos clientes babadores e luvas descartáveis, para as opções de pratos que comemos com as mãos.

Nossa escolha número 1 fica para o lagostin (crawfish) ao molho de alho. Também é possível comer aquele milho fresquinho e naturalmente docinho (bem diferente do brasileiro). Para quem não consegue ficar sem o fish and chips que está sempre presente nos cardápios canadenses, há esta opção.  Para os mais  tradicionais,  o frango grelhado com arroz branco pode ser a saída. Mas quem preferir um toque asiático apimentado, o arroz de frutos do mar não pode faltar.

White Spot

Fomos a pé para este restaurante a partir de Gastown. A unidade que fomos fica na 405 Dunsmuir Street. O White Spot é uma rede de restaurantes da Colúmbia Britânica que usa ingredientes frescos e tem um cardápio bem variado. A arquitetura do local é muito parecida com aquelas redes australianas de restaurantes. O Kids Pirate Paks fez a festa das crianças, pedimos uns fish and ships e um macaronni and cheese que vieram servidos em um barco pirata de papel. Para nós adultos, o ponto alto ficou para a pasta com frutos do mar (Seafood Fettuccine).

Red Robin

Teve um dia em que conversamos com um taxista que comentou sobre este restaurante e falou que tinha um cardápio variado e servia boas cervejas. É uma rede americana, que foi fundada em Washington (EUA), cidade vizinha de Vancouver. Fomos conferir e o ponto alto do cardápio são os deliciosos hamburgeres! Vem com muitos recheios e são bastante saborosos de verdade. (Neste tipo de rede para as crianças sempre tem os tradicionais fish and ships e macarroni and cheese).

Compras

Por acaso fomos um dia até uma Best Buy, na  798 Granville Street, e descobrimos que acima desta loja havia uma loja Winners. É uma loja de departamento canadense que funciona como a Ross e a Marshall’s nos Estados unidos. Roupas, calçados, malas, chocolates, itens de banho e beleza, produtos de aromaterapia, entre muitos outros itens que valem a pena para quem não consegue deixar de aproveitar uma pechincha.

4. TEMPERATURA

E o Clima? Fomos em abril, no início da primavera. Na estrada, quando estávamos no motorhome, pegamos muita neve, com lagos congelados e algumas atrações turísticas ainda fechadas por conta do clima. Em Vancouver mesmo, os dias estavam tranquilos, uma média de 23°C, mas no começo da noite esfriava bastante e os casacos eram necessários. Ainda pegamos um dia com chuva, o que atrapalhou nossa programação, pois queríamos ter visitado o Science World e outros lugares, mas não tem problema, temos certeza de que oportunidades não faltarão! A cidade tem muitos lugares bacanas e inúmeros motivos não faltam para voltar.

Ficou curioso sobre este destino? No nosso instagram tem mais fotos e dicas, tem stories salvos nos destaques e posts na hashtag #perninhasnervosasCanada .

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s