Motorhome: uma viagem dentro da viagem!

Motorhome, também conhecido como trailer ou como RV (recreational vehicle), são os termos comumente utilizados para definir todos os veículos equipados com espaço de convivência e amenidades encontradas em uma residência.

Nossa anfitriã do couchsurfing, Rosine, nos levou de carro até o local em que alugaríamos o motorhome (Star RV USA – 42 State Route 36 E, Middletown, NJ, United States).

No caminho, tivemos dificuldade para encontrar o tal do Star RV USA. Paramos em vários lugares, inclusive em uma loja de produtos de pesca, para perguntar sobre a locadora que estávamos procurando. Rosine, depois de um tempo, começou a ficar preocupada, já que não conseguimos encontrar logo o endereço que lhe havíamos indicado. Foi quando, finalmente, conseguimos encontrar!

Na verdade, o nome que tinha na placa era Road Bear USA, que era quem operava a Star RV USA.

Havíamos feito a reserva pela internet, que tinha sido confirmada no dia 22/9/2015. O problema foi que, com a correria que antecedeu a viagem, não havíamos visto a informação contida na seguinte mensagem enviada por e-mail:

Dear Fernando,
I am pleased to confirm your booking with Star Drive RV USA made via
http://m.rvrentalsalefinder.com
Star Drive USA vehicles are supplied by Road Bear USA, an industry leader in quality Motorhome rental. You will be looking for premises branded as Road Bear USA and not Star Drive USA. (…)

Desenrolada a situação, Rosine estava pronta para ir embora. No entanto, após tirarmos as nossas malas do porta malas do carro dela, cadê que o maleiro conseguia fechar? Uma tentativa, duas, três… Ufa!!! Fechou! Para nos tranquilizar, ela nos informou que era um problema que já existia antes. Ainda bem!

Ok. Malas todas fora do carro, despedimo-nos da nossa querida anfitriã. Ótima pessoa, realmente gostamos muito de conhecê-la.

Finalmente pegamos o papel com as informações sobre o nosso aluguel e apresentamos ao local. Pagamos, no momento da reserva online, o valor de US$ 866,58 para 11 diárias, inclusas as milhas extras necessárias para nosso roteiro (viajamos de 30 de outubro a 10 de novembro). Assinamos todos os papéis para efetivar o aluguel do motorhome e, naquele momento, pagamos uma caução no cartão de crédito que seria estornada ao final do aluguel.

Por fim, nos deparamos com a notícia de que o motorhome estava “winterized” por causa do frio, procedimento normalmente realizado em RV’s a partir do mês de novembro, como preparação para o inverno. Pensamos: “Ótimo, então poderemos enfrentar temperaturas baixas”.

Mas não era o que imaginávamos! Isso significava que não poderíamos utilizar nada de água dentro do RV para que ela não congelasse em baixas temperaturas e enlouquecemos com a notícia. Afinal, estávamos querendo um local que nos servisse de casa e de meio de transporte ao mesmo tempo. E agora, o que faríamos? Nossos planos eram de ficar um dia em um Walmart da vida, e outro dia em um camping, de forma alternada (drycamping).

Depois de muito conversar e de demonstrar nossa insatisfação com a situação, o gerente do local nos liberou o RV sem ser winterized! Ufa, que alívio! Como o ponto mais frio que iríamos seria Boston (não subiríamos para o Canadá, que costuma ter temperaturas mais baixas), o RV foi liberado do jeito que o idealizamos! Agora era só relaxar e começar esta nova aventura!

Yuri, que completou 1 ano e 9 meses um dia antes de pegarmos o motorhome parecia muito excitado. Ele ainda não tinha um vocabulário muito extenso, mas seus olhinhos brilharam quando entrou na nossa casa sobre rodas!

À época, a música e o clipe que o Yuri mais gostava de assistir, fosse em inglês ou em português, era: “the wheels on the bus go round and round…” ou “a roda do ônibus gira, gira…”. E podemos garantir que ele assistia repetidas vezes e praticamente todos os dias! Então, imaginem a alegria em saber que iríamos dormir, passear, comer, tomar banho – tudo dentro de um “ônibus”!

motorhome
Erica, com 29 semanas de gravidez, Yuri com 1 ano e 9 meses e Fernando no motorhome

Como ainda não tínhamos cadeirinha para o transporte seguro do pequeno, paramos no primeiro Walmart próximo ao local para adquirirmos uma, o que saía bem mais em conta que o aluguel! Além do mais, lá compramos alguns suprimentos necessários para iniciarmos nossa jornada! Não tem jeito: sempre nos perdemos nos produtos, prateleiras, preços e estantes do Walmart ou de qualquer outro grande magazine americano que vamos encontrando pelo caminho.

Estávamos correndo em direção a Salem, já que o Halloween seria no dia seguinte. Como sabíamos que nas grandes cidades há a proibição de circulação de motorhome, decidimos pegar um caminho mais longo até nosso destino, sem passar nem perto de Manhattan. Faríamos um percurso de cerca de 470 km, passando pela cidade de South Nyack-NY.

No meio do trajeto para Salem, como já estávamos cansados e como já era noite, resolvemos parar em outro Walmart, na cidade de Hartford, em Connecticut, só que agora para pernoitar.

Aqui cabe uma grande dica: existem milhares de Walmarts espalhados nos Estados Unidos e muitos deles são “RV friendly”, ou seja, aceitam que o motorhome pernoite no estacionamento deles (drycamping). Nesse caso, o bom senso e a educação sugerem apenas que façamos algumas compras como contrapartida à hospitalidade da rede de supermercados, o que não é nada difícil, já que nós, viajantes, sempre estamos precisando de alguma coisa (água, fruta, snacks, etc).

Para quem for mais precavido e quiser ir com mais tranquilidade, dá para pegar uma relação (enorme!) com a localização exata dos supermercados “amigáveis” no site Walmart. Até imprimimos a tal relação, mas como nem sabíamos onde a havíamos colocado, não a utilizamos.

Existe uma piada que circula entre os usuários de RV que conta que uma noite um casal foi passando por um Walmart e observou que havia uns 4 motorhomes parados no estacionamento. Na certeza de que aquele supermercado era “RV friendly”, estacionaram e foram apenas se certificar com o gerente. Este, por sua vez, falou que NÃO era permitida a pernoite naquela unidade. Contrariado, o casal questionou por que então os outros motorhomes iriam passar a noite lá e eles não poderiam? Ao que ele respondeu, simplesmente, que era porque os outros não haviam perguntado… Rsssss

Sendo assim, resolvemos fazer “como os outros” e tão somente estacionamos, sem pedir autorização. E, diga-se de passagem, fizemos isso diversas vezes e nunca tivemos problema algum com a rede de supermercados.

No início daquela nossa primeira noite no Walmart, como normalmente acontece (já foram 2 experiências de viagens com motorhome, fazendo drycamping em supermercados e, algumas de carro, fazendo “drycamping” em rest areas), o Fernando ficou um pouco tenso, já que qualquer barulhinho o fazia ficar em estado de alerta. Erica e Yuri, em contrapartida, logo aproveitaram um tranquila noite de sono!

Lá pelas tantas, Fernando relaxou e engatou no sono também! Nas demais noites, todos tiveram sonos tranquilos e despreocupados!

motorhome2

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s